Novidades

É fácil aprender a falar francês? Dicas e orientações

Postado por:École Québecem:01/10/2021

Você acha que língua francesa tem beleza e charme únicos? De fato, a língua francesa é encantadora, pois sua sonoridade é melódica, com subidas e descidas, e palavras que se conectam suavemente. Mas você já se perguntou se é fácil aprender a falar francês?

Infelizmente, muitas pessoas desistem de aprender o idioma antes mesmo de tentarem, argumentando ser uma língua muito difícil, rápida e árdua de acompanhar. Outras pessoas, no entanto, afirmam que a grafia das palavras não corresponde à pronúncia.

Você também já pensou assim? E se dissermos ser relativamente fácil aprender a falar francês?

Então, chegou a hora de acabar com essa dúvida! Neste texto, você vai aprender porque aprender algumas línguas é mais fácil do que outras e ainda te daremos dicas e orientações para te ajudar a estudar francês! Vamos lá! Ou melhor, allons-y !

É fácil aprender a falar francês? A árvore genealógica dos idiomas

Aprender uma nova língua não é fácil, mas algumas são mais desafiantes que outras. Em geral, a dificuldade para aprender um novo idioma está relacionada à pronúncia, à gramática e até mesmo ao alfabeto. Mas você já ouviu falar sobre línguas irmãs?

Isso mesmo! Os idiomas se relacionam uns com os outros, de acordo com sua origem. Assim, os pertencentes à mesma família linguística apresentam mais similaridade entre si do que com seus parentes distantes.

Porém, a boa notícia é que o idioma francês é um parente muito próximo do português e do espanhol, dado que os três se originaram do latim. Logo, os latino-americanos possuem mais facilidade para absorver o conteúdo fonético e gramatical do idioma francês. Muito interessante, não é?

Vamos mostrar abaixo algumas características que aproximam os idiomas:

  • Alfabeto: os três idiomas são grafados pelo mesmo conjunto de símbolos, chamado de alfabeto latino;
  • Sintaxe: o estudo da estrutura das frases geralmente é um dos primeiros passos no aprendizado de um idioma. Português, espanhol e francês apresentam o mesmo esqueleto: sujeito, verbo e complemento.
  • Outra semelhança gramatical: nas três línguas, os adjetivos (possessivo, qualificativo, demonstrativo) concordam em gênero (masculino e feminino) e número (singular e plural).
  • Léxico: existem muitas palavras bem parecidas entre os três idiomas. Por exemplo:

“Para aprender uma nova língua você precisa…”

  1. … estudar (português);
  2. … estudiar (espanhol);
  3. … étudier (francês).

É fácil aprender a falar francês? Dicas e orientações

Confira outras dicas e orientações de como pode ser fácil aprender a falar francês:

Amplie seu contato com a língua

Francês é uma das cinco línguas mais faladas no mundo! Logo, não é difícil encontrar referências nesse idioma, como livros, filmes e músicas.

Assim, aproveite, mergulhe de cabeça e crie sua própria imersão! Por exemplo:

  • Troque celular, computador, redes sociais para a língua francesa; 
  • Pare de ver séries da Netflix e comece a ver TV5 Monde Plus; 
  • Ao assistir filmes e séries coloque a legenda e o áudio em francês e foque no idioma. Uma dica é escolher algo que você já conhece,  para não se preocupar com a história. 

Portanto, utilize todas as oportunidades de falar em francês na aula e não tenha medo de errar, afinal, só se aprende uma nova língua treinando muito e é natural cometer alguns deslizes. Quanto mais você se aproximar do mundo francófono, mais fácil e fluida ficará sua pronúncia. 

Pesquise

Que tal pesquisar sobre palavras que sejam parecidas entre a sua língua materna e o francês? Isso vai acelerar seu ganho de vocabulário. Essas semelhanças facilitam sua vida enquanto aprendiz e abrem o caminho para superar outros desafios na aprendizagem que também serão superados com maior tranquilidade.

Porém, muita atenção aos falsos cognatos (faux amis): aquelas palavras que se parecem muito na pronúncia e/ou escrita, mas que têm significados bem diferente!

Estude ativamente!

Para impulsionar a absorção dos conteúdos, busque adotar uma postura ativa durante seu estudo. Tenha um caderno para treinar as conjugações verbais (como fazíamos no ensino fundamental, lembra?). Nele, você escreverá várias vezes os verbos estudados e poderá revisar sempre que sentir necessidade.

Todo treino e exercício realizado é um passo que você avança no domínio do idioma. Não deixe de fazer as tarefas propostas no material didático (consolider dos livros Objectif Québec) e realize exercícios extras (dica: no nosso site você encontrará vários na aba “Exercícios”!).

Além disso, certifique-se de verificar os gabaritos e corrigir os exercícios e, caso fique alguma dúvida, leve para o professor te ajudar ou então para o plantão de dúvidas gratuito da eQ. 

Não guarde suas dúvidas!

Vale reforçar que o mais interessante é realizar essas atividades em casa, levando eventuais questionamentos para o professor. Já  durante a aula é importante focar na compreensão do novo conteúdo, na correção das atividades, no esclarecimento das dúvidas e na interação com os colegas e professores.

Exercite a pronúncia

Aproveite quando estiver assistindo aulas, vídeos, filmes ou ouvindo podcasts para prestar atenção em como as pessoas pronunciam e entoam as frases. Tente repeti-las imitando a sua entonação. Afinal, nós somos acostumados a aprender imitando os outros, como fazíamos quando crianças, mas nem sempre nos lembramos desse artifício.

Ah, que tal tentar conversar consigo mesmo em francês? Parece estranho, mas a gente faz isso na língua materna e funciona super bem como treino! Contudo, se aparecer a oportunidade, estabeleça contato com nativos ou pessoas que falem francês fora das aulas também! 

Com as orientações certas, professores qualificados, metodologia diferenciada em uma escola que corresponda aos seus objetivos, você certamente verá que aprender francês é muito mais fácil do que imaginava. E nós podemos te ajudar nisso!

Que tal marcar uma aula experimental para quebrar de vez o mito que falar francês é difícil? A École Québec, possui mais de quinze anos de experiência no ensino de francês québécois, metodologia própria e professores qualificados e com vivência no Québec (alguns deles nativos, inclusive). Conte conosco!

EnglishFrenchPortugueseSpanish