Novidades

Conheça 10 bons motivos para estudar francês

Postado por:École Québecem:28/08/2020

Descubra aqui quais são os dez melhores motivos para você entrar de cabeça no aprendizado do francês

Aprender uma língua aumenta a empregabilidade, melhora seu currículo e te coloca em um outro patamar de atuação como um profissional. Em nível pessoal, abre sua cabeça a novas conexões neurais e estimula seu raciocínio e sua inteligência cognitiva.

Fora isso, é uma maneira de conhecer uma cultura, abrir-se a experiências internacionais, entrar em contato com diferentes formas de encarar o mundo… Na verdade, aprender é a única coisa da vida que só traz ganhos.

Esses benefícios são inerentes ao estudo de qualquer língua. Contudo, existem algumas vantagens específicas tratando-se de aprender francês. E mais ainda quando estamos falando sobre o québécois. Em outras palavras, aquele falado na província do Québec, no Canadá.

Aqui nesse post, vamos  mostrar 10 bons motivos para estudar francês e por que começar a estudar esse idioma dentre tantos que existem no mundo. Vamos lá?

Conheça 10 bons motivos para aprender francês

1) Língua em expansão 

Caso você ainda não saiba, o francês é a quinta língua mais falada do mundo. Nos últimos anos, ainda houve um crescimento exponencial no número de falantes, além do meio acadêmico ou linguístico. Esse avanço está ligado ao aumento do uso em ambientes corporativos. 

2) Está presente em diferentes áreas empresariais

Pesquisas mostram que o francês é o terceiro idioma mais utilizado em transações empresariais. Ainda, segundo dados do British Council, é a segunda língua mais utilizadas em trocas econômicas dentro de empresas com origem britânica.

3) Importante dentro da área de negócios

Os dados ainda apontam a crescente importância do francês em relação área de negócios em nível mundial. Os Investimentos em Diretos Estrangeiros (IDE) do espaço francófono apresenta números relevantes. Ou seja, saber falar essa língua é um verdadeiro diferencial no mercado de trabalho.

4) Oportunidades únicas para falantes da língua

Atualmente, existem no Brasil cerca de 800 empresas francesas. Sem contar as nacionais que negociam com organizações francófonas. Fora isso, existem diversas oportunidades de estudo e trabalho em países que falam francês, como no caso do Québec, no Canadá.

5) Aumenta sua rede de contatos

Seguindo todas essas premissas, falar francês amplia consideravelmente as possibilidades de você desenvolver uma rede de relacionamentos com profissionais de outros países. Ou ainda ser alocado para uma oportunidade no exterior e desenvolver as conexões preciosas.

6) Possibilidades concretas de migração

Aprender francês é estar pronto para aproveitar oportunidades de trabalho no exterior. O Québec, por exemplo, é uma sociedade aberta à imigração. A cada ano, acolhe, em média, 45 mil imigrantes provenientes de uma centena de países.

7) Abre caminhos para a evolução na carreira

O Québec é reconhecido por oferecer uma evolução em diversas carreiras e recebe cerca de 45 mil pessoas por ano. Saber falar francês, em especial o québécois, é uma maneira de destacar-se nos processos de seleção migratórios para a região canadense.

8) Proporciona mudanças de vida

Além de estar aberto o receber jovens profissionais e suas perspectivas profissionais são muito interessantes, o Québec oferece a oportunidade perfeita para quem procura  uma mudança de vida. Entre suas opções estão desde um simples intercâmbio até formações universitárias nas faculdades francófonas.

9) Viver uma experiência 


Falar francês québécois oferece a possibilidade de viver em uma sociedade democrática, aberta e francófona como a encontrada no Québec. Um local reconhecido por sua qualidade de vida, poder de compra razoável, saúde pública gratuita, educação a preços acessível, creches públicas de alto nível e um ambiente seguro.

10) Ampliar seus horizontes

Por último, aprender francês québécois pode ser a sua porta de entrada para conhecer o mundo, aumentar suas percepções, sair da sua zona de conforto e ainda tornar-se um cidadão do Québec e estar sempre pronto para as questões e rápidas transformações mundiais.

Ufa! Essas são as dez principais razões para entrar de cabeça no estudo do francês, em especial, no falando no Québec. Aprender essa língua te oferece a oportunidade de evolução profissional e uma guinada de vida significativa.

Aqui no blog da École Québec, você encontra diversas informações, dicas e orientações de como aprender francês québécois e oportunidades de estudos e trabalhos no Québec. Explore nosso conteúdo!

Novidades

10 perguntas comuns em entrevistas de empregos no Québec

Postado por:École Québecem:21/08/2020

Guia completo de como melhor responder à essas perguntas.

A felicidade de marcar uma entrevista de emprego que pode mudar a sua vida para sempre pode rapidamente transformar-se em uma ansiedade sem fim. Afinal, serão apenas alguns minutos para você demonstrar o quanto você pode contribuir e conquistar essa oportunidade. 


Pensando nisso, separamos 10 perguntas comuns nas entrevistas de emprego para vagas no Québec. Além disso, acrescentamos algumas informações de como respondê-las, dicas práticas para ajudar verdadeiramente e aumentar as suas chances. 

Fique tranquilo e respire fundo. Com as informações certas, você vai conquistar a atenção dos recrutadores e dar um passo a mais rumo a sua nova qualidade de vida.  

Lista de perguntas mais comuns

1 – FALE UM POUCO SOBRE VOCÊ

Ao contrário do que seria normal, esse tipo de pergunta não é sobre qual a sua idade, estado civil ou quantos filhos tem. Normalmente, em um processo de adaptação a outro país, é natural achar que essa pergunta é sobre sua vida pessoal.


No entanto, nesse caso, a ideia é falar sobre você, sua formação, suas qualidades, aprendizados e como você pode agregar valor à empresa. É extremamente necessário que você seja você. Não tenha medo de expor suas opiniões e gostos, deixe transparecer a sua personalidade, e quem você realmente é. Isso é o que mais chama a atenção dos recrutadores, descobrir a personalidade dos candidatos e com isso saber quem realmente irá se encaixar e melhor se adaptar a cultura da empresa.
Uma outra dica é em relação ao vestuário: use trajes formais. Vá de social.

2 – POR QUE VOCÊ ESCOLHEU ESSA FORMAÇÃO?

Aqui, é importante citar o porque você se identifica com a sua área de formação. Analise se isso está alinhado com o seu propósito, seus valores e sua realização pessoal. Demonstre paixão pelo o seu trabalho. 

Fora isso, é importante deixar claro quais são os motivos pelos quais você se identifica com essa área de formação. 

3 – CONTE SOBRE AS SUAS EXPERIÊNCIAS PROFISSIONAIS ANTERIORES

O objetivo dessa pergunta é falar sobre a sua bagagem de vida. Ou seja, mais do que a experiência que está no currículo, conte sobre algo que amou fazer, as escolhas que ajudaram na sua carreira, o estágio que agregou valor à sua formação profissional. 

Cite algum desafio e como superou. Por exemplo, uma mudança de cargo, aumento das responsabilidades, uma guinada de carreira, como lidou com a pressão… Ressalte seu crescimento dentro da profissão e conte mais sobre essa trajetória. 

4 – QUAIS SÃO SUAS QUALIDADES PRINCIPAIS? 


Essa é uma pergunta muito comum e que costuma deixar os candidatos inseguros com a resposta. Por isso, a dica aqui é: reflita sobre quais são suas principais qualidades e quais são as que mais se relacionam com a empresa e o trabalho.


Geralmente, citar até três pontos fortes é o suficiente. O objetivo não é citar as qualidades que você acha que o entrevistador quer ouvir, mas sim, pontuar seus atributos e como encaixam nos valores da empresa. 

5 – ME DÊ UM EXEMPLO CONCRETO QUE EXEMPLIFICA COMO VOCÊ É UMA PESSOA QUE SE INTEGRA FACILMENTE EM UM NOVO MEIO DE TRABALHO.

Essa pergunta está além de ser extrovertido e fazer amizades facilmente. Está relacionado ao respeito ao próximo, empatia, como você vive dentro do âmbito coletivo. 

Reflita sobre isso. Afinal, como você se integrou às equipes anteriores? Não existe uma resposta pronta, o fundamental é ser sincero e mostrar quais os pontos positivos da sua personalidade que contribuem para o desenvolvimento do trabalho coletivo. 

6 – QUAIS SÃO SEUS PONTOS FRACOS? 

Todas as pessoas possuem pontos fortes e fracos. Por isso, pense em quais são as suas características mais difíceis e como isso pode afetar seu trabalho e sua equipe. 

Fuja de respostas clichês como “perfeccionista” ou “trabalhar demais”. 

Na hora de responder, foque naquele ponto fraco que seja gerenciável e que não afete o seu desempenho. 

Demonstre naturalidade e segurança, ressaltando que é algo que está trabalhando para melhorar. Ter consciência dos defeitos é tão importante quanto ter qualidades. Pensar sobre isso é importante não apenas para a entrevista, mas para direcionar sua carreira como um todo.

7 – “POR QUE DEVERÍAMOS TE CONTRATAR?”

Aqui é o momento de você ‘vender seu peixe”, de dizer o quanto você é importante e como vai agregar para o desenvolvimento do negócio. Uma dica para responder essa pergunta é conhecer o perfil da empresa. 

Assim, você consegue pensar em quais atributos precisa e o quanto vai trazer de conhecimento novo para a companhia.

8 – ONDE VOCÊ SE IMAGINA DAQUI A 5 ANOS?

Como seu plano é estabelecer uma carreira no Québec e fixar raízes no país, mostre o quanto você gostaria de contribuir e criar vínculos. Mencione “atingir um nível de francês québécois avançado”, por exemplo. 

Estar integrado totalmente a rotina do lugar novo. Ou conquistar um cargo alto dentro de uma empresa. Liderar uma equipe. Continuar os estudos, entrar em uma nova graduação, qualificar-se cada vezes mais… 

9 – “POR QUE O QUÉBEC/CANADÁ?”

Aqui você pode mencionar que já está pesquisando informações a bastante tempo sobre o país/lugar e sobre os programas de imigração. De fato, agora que sabe que é possível perguntarem algo nessa linha, reflita realmente sobre o porquê. 

Seja sincero! Seria qualidade de vida, afinidade com a cultura, busca pela segurança? Maior empregabilidade, chances de crescer, de evoluir profissionalmente? 

No mínimo, você pode mencionar  que viver uma experiência internacional é muito enriquecedora e que agregaria muito conhecer e conviver em uma cultura diferente. 

10 – VOCÊ TEM ALGUMA QUESTÃO A FAZER PARA NÓS?

Nesse tipo de pergunta, é aconselhável fazer perguntas sobre a visão da empresa para o futuro (não só no aspecto individual, mas como organização). Isso demonstra que o candidato pesquisou e quer saber os planos da empresa para o futuro.

Fora isso, é importante demonstrar interesse em saber como a companhia trata os empregados a longo prazo, ainda se existe um plano de carreira e como trabalham o desenvolvimento dos colaboradores. 

Isso é uma maneira de mostrar que você pretende ficar na empresa por bastante tempo.

Pronto! Aqui estão as 10 perguntas comumente feitas nas entrevistas de emprego e como se preparar para responder cada uma delas. Mostramos os pontos fundamentais a serem abordados e formas de surpreender os recrutadores quebequenses.

Para te ajudar ainda mais, a École Québec oferece preparatório de entrevistas.
Não perca tempo e venha simular uma entrevista com professores nativos do Québec! 

Novidades

Série original do Québec estreia na Netflix

Postado por:École Québecem:12/08/2020

Série premiada é a primeira produção original do Québec no streaming, uma ótima oportunidade de treinar francês

A Netflix, não para de lançar novas séries, filmes e documentários, inclusive originais, produzindo centenas de horas de programação em diferentes países do mundo. 

Sempre em busca de novas séries, o streaming apresentou crescimento significativo nos últimos anos, ganhando popularidade devido às séries originais e a seleção de produções de qualidade para o mercado do entretenimento. 

Para manter-se em constante crescimento mundial, com o objetivo de atingir o maior número possível de público, a Netflix adquiriu os direitos da série M'entends-tu? – a primeira série original do Québec a entrar no catálogo! 

Isso mesmo, uma oportunidade incrível de  treinar e aperfeiçoar o seu francês québécois. Vamos conversar mais sobre o enredo e porque essa série é imperdível! 

M'entends-tu?: do Québec para o mundo 

M'entends-tu? conta a história de três amigas de um bairro pobre em Montreal, unidas pelas situações difíceis da vida. Juntas, Ada (Florence Longpré), Fabiola (Mélissa Bédard) e Carolane (Landve Landry) tentam encarar suas realidades, problemas conjugais e familiares com bom humor e esperança. 

A série, criada em 2018, pela escritora e atriz Florence Longpré foi ao ar na Télé-Québec e teve uma recepção muito favorável dos críticos, além de receber cinco prêmios Gemini em 2019. Recentemente, foi confirmada a terceira temporada. 

O sucesso despertou a atenção da Netflix.  Agora, no catálogo do streaming desde o começo de junho, a primeira temporada de M'entends-tu? está em 190 países e legendada em 30 idiomas diferentes.

Mas você não precisa de legenda, não é mesmo? Essa é uma série perfeita para conhecer mais sobre o idioma, os costumes, o dia a dia e as pessoas do Québec! Aproveite os dez episódios da primeira temporada e treine bastante seu francês! 

A Netflix ainda não divulgou as datas para a estreia da segunda temporada. 

E se você gostar bastante, a segunda temporada está disponível no site do canal Télé-Québec! Pena que as filmagens da terceira temporada foram adiadas por conta da pandemia do Covid-19 🙁 

Em breve nós postaremos o review completo sobre a série.

Fiquem ligados! E aproveite para treinar seu francês québécois.