Novidades

Cursos técnicos públicos do Québec

Postado por:Catherine Potvinem:21/12/2017

O Quebec, como todo o Canadá, é muito reconhecido pela qualidade da sua oferta educacional. Diversas oportunidades se apresentam para o público estrangeiro que deseja adquirir um diploma renomado e dominar um dos idiomas oficiais canadense: francês ou inglês.

Os Centres de Formation Professionnelle, espalhados pela província de Québec, oferecem D.E.P. (colegial técnico) de diversas áreas como administração, alimentação, turismo, arte, química, construção civil,  mecânica, transporte, moda, educação, saúde, etc. Esses centros de formação tem interesse em receber mais estudantes estrangeiros para que os estudantes locais tenham mais vivências interculturais e por isso, oferecem um acolhimento diferenciado para os estrangeiros.

Técnicas de usinagem

Sabia que os estudantes estrangeiros tem permissão de trabalhar no Canadá?

Hoje, as leis permitem que o estudante que não é residente permanente trabalhe até 20 horas semanais durante a formação e até 40 horas semanais nas férias. A maioria dos estudantes, tanto canadenses quanto estrangeiros, trabalham em lojas, restaurantes, academias, etc. que organizam suas agendas em função das disponibilidades de todos seus funcionários estudantes.

Casais

Para casais, o projeto fica ainda mais interessante pois o cônjuge do estudante estrangeiro pode trabalhar até 40 horas semanais durante todo o período do curso.

Após o término do curso

Após o término do curso, o estudante estrangeiro pode pedir um visto de trabalho aberto que tem a mesma duração que o curso. Por exemplo, se foi realizado um curso de 18 meses, o visto terá duração de 18 meses.

Técnicas de edificações

Pré-requisitos

Idade: ter pelo menos 18 anos ao começar o curso.

Idioma: realizar uma prova de proficiência no mesmo idioma que será realizado o curso.

  • Francês (TFI, TEF, TCF ou DELF)
  • Inglês (TOEFL ou IELTS)

Pré-requesitos escolares: dependendo do curso escolhido, os pré-requesitos escolares podem variar. Entre em contato conosco, poderemos lhe passar a informações relativa a cada curso.

Condições financeiras: é preciso demonstrar que o estudante tem condições financeiras para se sustentar por todo o período do curso e para pagar o valor do curso.

Técnicas de secretariado

Etapas do projeto: D.E.P. no Québec

É importante prever pelo menos 4 meses para completar todos os trâmites desde a escolha do curso até a obtenção do visto.

  1. Pesquisar sobre os cursos disponíveis e escolher.
  2. Verificar se atende aos critérios de admissão para estudar e trabalhar no Québec.
  3. Avaliar sua capacidade financeira (vistos, valor do curso e despesas durante o período dos estudos).
  4. Preencher o pedido de admissão.
  5. Mandar comprovação de capacidade financeira e passaporte válido.
  6. Fazer o pedido de certificado de aceitação do Québec.
  7. Fazer pedido de permissão de estudos.
  8. Preparar a chegada (abertura de conta bancária, seguro de saúde, etc.) .

As vantagens da formação técnica pública

  • Uma formação reconhecida mundialmente pela qualidade de seus programas em francês ou em inglês.
  • Programas desenvolvidos baseados nas competências exigidas no mercado de trabalho há mais de 30 anos.
  • As competências dos programas são definidas pelos futuros empregadores.
  • Métodos de ensino pragmáticos e inovadores inspirados no ensino individualizado e por módulo.
  • Infraestruturas ultramodernas e equipamentos de última geração tecnológica, usados nos trabalhos práticos dos alunos.
  • Estágios concretos e valorizantes em centros de formação ou em empresas para adquirir as competências procuradas pelos futuros empregadores.
  • Aprendizado rápido de uma profissão especializada que leva diretamente para um mercado de trabalho favorável.
  • Acesso a uma permissão de trabalho: até 20 horas semanais durante os estudos e 40 horas durante as férias e após a término do curso (o visto de trabalho após o término do curso tem a mesma duração que o curso).

Leia também esse flyer em português.

Novidades

Empregos de TI no Québec

Postado por:Catherine Potvinem:18/12/2017

Na École Québec, metade dos nossos alunos é da área de TI. Não é por menos, já que é a área com maior falta de profissionais no Québec. Nossa equipe ensina francês com foco no mercado de trabalho e cultura quebequenses, ajuda na redação do currículo e da carta de apresentação e prepara para as entrevistas de emprego e provas de proficiência. Conheça os nossos diferenciais.

Saiba sobre nossos preços e próximas turmas.

Missões de recrutamento

Há mais de 5 anos, a Québec International organiza todo ano uma missão de recrutamento internacional virtual com empresas da região de Québec com falta de programadores, analistas, analistas BI, etc. Essa missão se chama Québec na Cabeça.

Em 2018, vista uma demanda ainda maior de profissionais, a Québec International organizará uma missão presencial em São Paulo para ajudar essas empresas a encontrar os profissionais brasileiros que correspondem as necessidades do mercado. Os recrutadores dessas empresas estarão aqui para realizar entrevistas em francês em abril.

Etapas das missões de recrutamento

1.       Aproximadamente 2 meses antes das entrevistas ocorrerem, a Québec International divulga as vagas oferecidas pelas empresas participantes.

2.       Os candidatos devem enviar os seus currículos e cartas de apresentação até mais ou menos 3 semanas antes das entrevistas para as vagas que correspondem ao seu perfil.

3.       As empresas entram em contato com os candidatos pré-selecionados para marcar uma entrevista, prova de francês e/ou teste técnico.

4.       As primeiras entrevistas, de curta duração, são realizadas em francês.

5.       As empresas chamam os candidatos mais interessantes para uma segunda entrevista ou teste técnico.

6.       Um contrato de trabalho é enviado aos profissionais escolhidos.

7.       Os trâmites de pedido de visto de trabalho temporário se iniciam.

8.       Dependendo da necessidade da empresa e da demora no processo de visto, os candidatos contratados se mudam para o Québec e começam a trabalhar no novo contexto cultural de 5 a 12 meses depois da primeira entrevista.

Exigências

1.       Francês

Dependendo do cargo, o nível de francês exigido será de intermediário a avançado. Na ÉQ, temos alunos programadores JAVA e .NET que foram contratados ao concluir o nosso nível básico que tem 145 horas de duração (4 a 9 meses, dependendo da carga horária). Nosso último caso de sucesso impressionante, é de um aluno que começou o francês em dezembro de 2016, terminou nosso curso intermediário-avançado em agosto (fazendo 10 horas semanais) e foi contratado na missão de 2017 que foi realizada em agosto; tudo em 9 meses.

2.       Experiência de trabalho

A partir de 1 ano de experiência. Tudo depende do cargo.

3.       Formação

A maioria das vagas exige tecnólogo (DEC technique) ou bacharelado (baccalauréat) em Ciências da Computação ou área conexa.

4.       Conhecimento técnico

As principais necessidades são com programação .NET e JAVA, más tem vagas para analista, arquiteta, etc.

Fora da missão

Temos também alunos que são contratados fora da missão. Alguns, foram chamados pelo LinkedIn e outros, mais pro-ativos, enviaram seus currículos para empresas explicando que estavam dispostos a se mudar para o Canadá, demonstrando nível de francês e inglês e que para a sua profissão, o processo de pedido de visto seria simplificado.

Também, existem recrutadores internacionais que podem o ajudar a encontrar um emprego no Québec. Conheça a Abacus que recruta profissionais que já tem em mãos o Certificat de Sélection du Québec (Certificado emitido aos candidatos selecionados pela província de Québec).

Regras para visto de trabalho temporário

No geral, para uma empresa contratar um estrangeiro não residente permanente, é preciso comprovar para os governos que não foi possível encontrar um profissional com o mesmo perfil no mercado local. Essa comprovação exige um investimento em tempo e dinheiro. Por isso, poucas empresas conseguem ou querem contratar trabalhadores temporários estrangeiros.

No caso de alguns cargos de TI, como foi comprovado por várias empresas que a falta de profissionais nesse ramo é gritante, o governo permite que as empresas contratem fora do Canadá sem realizar essa comprovação. Segue lista de cargos em TI que se enquadram no tratamento simplificado:

1.       Engenheiro da computação

2.       Analista e consultor de informática

3.       Engenheiro e criador de software

4.       Programador e desenvolvedor de mídias interativas

5.       Desenvolvedor de websites

6.       Tecnólogo em redes de informática

7.       Agente de suporte ao usuário

8.       Tester de videogames

A lista completa se encontra neste link.

Novidades

Les Temps Composés (vídeo)

Postado por:adminem:14/12/2017

Como continuação do nosso video anterior, essa semana falamos sobre todos os tempos compostos do francês, como utilizá-los e aplicar em frases.

Para ativar as legendas basta clicar no canto inferior do vídeo.

https://www.youtube.com/watch?v=xhhNQOWhF18

Au revoir!

Novidades

Le passé composé (VÍDEO)

Postado por:adminem:04/12/2017

O passé composé (passado composto) é  formado por dois verbos, o auxiliar + o particípio passado.

No video dessa semana explicamos quais são esses verbos e como utiliza-los.

Não se esqueça de ativar as legendas e deixar suas dúvidas nos comentários do vídeo.

https://www.youtube.com/watch?v=NgiIHezRb2g

Merci!

Novidades

Humor quebequense

Postado por:Catherine Potvinem:01/12/2017

Humor é muito difícil de traduzir de um idioma para o outro. Temos alunos que estão no Québec há vários anos e que até hoje não acham nenhuma graça nas piadas quebequenses e outros que racham o bico logo no primeiro vídeo de um humorista do país de acolhimento.

O humor no Québec é muito valorizado. Os humoristas são provavelmente os artistas mais bem pagos da sociedade. Eles são contratados para atuar nos melhores filmes, gravam propagandas para as marcas mais ricas e os festivais lotam suas salas de teatro quando o espetáculo é de um humorista famoso. Você deve conhecer o Juste Pour Rire ou Just For Laughs em inglês. Eles organizam festivais de humor em várias cidades do país. O festival de humor de Montréal será do dia 14 até 28 de julho de 2018. São eles também que gravam aquelas cápsulas de pegadinhas vendidas e transmitidas mundialmente. Nos site do Juste Pour Rire, você pode ler que Montréal é a cidade mais engraçada do planeta.

O Québec curte tanto humor que tem um gala dedicado somente ao humor. Se chama o Gala des Olivier em homenagem ao Olivier Guimond, humorista falecido em 1971.

O humorista que você já deve conhecer pelo filme Bon Cop Bad Cop que foi comercializado no Brasil se chama Patrick Huard. Além de ser muito engraçado, ele é famoso por aparecer em diversos filmes famosos no mundo inteiro: Bon Cop, Bad Cop 1 e 2; Les Boys; Nez Rouge; Maman Last Call; Starbuck; etc.  Veja esse trailer para conhecê-lo como ator.

Particularmente, gosto muito do Louis-José Houde. Ele é conhecido por falar muito rápido então talvez não seja o primeiro humorista quebequense a descobrir; ele pode assustar os alunos mais iniciantes. O humor dele traz assuntos muito simples do dia a dia e te faz olhar certos pontos da sua vida de um ponto de vista inesperado. Ele também aparece cada vez mais em filmes e propagandas.

Martin Matte é o humorista mais famoso por ganhar muito dinheiro com propaganda. Ele faz propagandas para o supermercado Maxi e o fabricante de carros Honda. O principal personagem dele é ele mesmo se achando melhor que qualquer outro. Ele é o criador do programa Beaux Malaises no qual ele é o principal ator. Aproveite este curta para descobrir os piores palavrões quebequenses: osti de calisse de tabarnak…

Quer saber mais? Veja esse TOP 15 publicado pela TVA Nouvelles.

Novidades

École Québec é centro aplicador do TFI

Postado por:Catherine Potvinem:01/12/2017

O “test de français international” (TFI) tem como objetivo avaliar o nível de francês de pessoas não-francófonas para lhes fornecer a oportunidade de ingressar em programas de estudos ou conseguir um emprego. Após a realização da prova, todos os candidatos recebem um certificado.

Estudar: a grande maioria dos centres de formation professionnelle (CFP), dos cegeps e das universidades francófonas canadenses exigem o resultado no TFI para candidatos não-francófonos.

Trabalhar: apresentar o seu resultado do TFI no seu currículo para comprovar a sua competência no francês pode ser um diferencial. Tem empresas que exigem de todos os funcionários não francófonos.

Descrição

O TFI é uma prova estandardizada de 110 minutos. Todos os exercícios são de múltipla escolha e a prova é sempre realizada no papel. A prova é dividida em duas partes: compreensão oral e compreensão escrita. Cada parte tem 90 perguntas.

Os resultados do TFI refletem de uma maneira simples e justa a habilidade de comunicação em francês do candidato tanto no ambiente acadêmico quanto no ambiente dos negócios. O resultado é válido por 2 anos e varia entre 10 e 990 pontos. Na tabela abaixo, é possível saber qual resultado do TFI é compativel com qual nível do Quadro Europeu Comum de Referência.

Preparação para a prova

Cada prova de proficiência é diferente. Entender como a prova é construida e como ela identifica o seu nível no idioma pode melhorar significativamente o seu resultado. Se quiser auxílio de um professor experimentado, marque uma aula preparatória presencial ou em sala virtual. Usamos o guia preparatório ao TFI da ETS Canada.  Saiba mais sobre os nossos cursos preparatórios.