Novidades

Como se preparar ao TCF – Québec

Postado por:Catherine Potvinem:21/06/2012

A prova do TCFQ não exige preparação específica, fora obviamente estudar francês. Ela tem duas provas que avaliam as competências de compreensão e expressão oral. As duas são apresentadas segundo o princípio de dificuldade progressiva. Os níveis avaliados seguem o Quadro Europeu Comum de Referência para Línguas.

É preciso estudar o francês no geral, pois não tem como prever quais perguntas serão postas na prova de expressão oral, nem o vocabulário que será usado no áudio da prova de compreensão oral. Infelizmente, não existe nenhum material de preparação que seja específico para o TCF-Québec, mas existem diferentes tipos de obras que permitem familiarizar-se com os itens do TCF geral:

  • Guide officiel de préparation au TCF, Didier, Paris, 2002.
  • 250 activités pour se préparer au TCF, CLE international, 2003.
  • CD-Rom de préparation au TCF, CNED, CIEP, 2003.
  • Treinamento da prova de compreensão oral do TCF, nivéis C1 e C2 no site RFI: http://www.rfi.fr/ rubrique Langue Française.
  • Treinamento das provas obrigatórias do TCF no site TV5Monde: http://www.tv5.org/tcf
  • Treinamento das provas obrigatórias do TCF para todos os níveis no site de Didier: http://tcf.didierfle.com/.

Compreensão oral: 30 itens, 30 minutos

Os itens de compreensão oral do TCF-Québec são sempre originais. Eles se apresentam na forma de perguntas de múltipla escolha. As perguntas permitem a avaliação das suas capacidades em compreender o francês falado:

Nível 1: Palavras e expressões usuais nas situações de comunicação cotidianas (diálogos, entrevistas, discussões ao telefone, etc.);

Nível 2: O essencial de recados e de anúncios públicos;

Nível 3: Informações sobre pessoas, fatos ou eventos dentro de programas de rádio ou de televisão relacionando-se a atualidade ou sobre temas pessoais, profissionais ou educacionais;

Nível 4: Comunicações tratando de temas concretos ou abstratos;

Níveis 5 e 6: Todos os tipos de discursos pronunciados num ritmo normal.

Expressão oral: 6 perguntas, 15 minutos

A prova de expressão oral é gravada e corrigida por um júri (é o mesmo júri para o mundo inteiro). Não existe tempo para preparação. Vocês terão que:

Nível 1: Descrever um lugar ou uma pessoa conhecida (1 minuto);

Nível 2: Falar de aspectos de sua vida, de sua atividade profissional ou acadêmica atual ou recente, dos seus lazeres, etc.; Também, alguns alunos já tiveram que contar um livro ou filme que tinham lido ou assistido recentemente (1.5 minuto);

Nível 3: Fazer perguntas, procurar informações precisas (3 minutos);

Nível 4: Dar sua opinião e explicar as vantagens e desvantagens de um projeto, exprimir seu ponto de vista (3 minutos);

Nível 5: Apresentar uma argumentação clara e estruturada no estilo apropriado dentro de um contexto determinado (3 minutos);

Nível 6: Apresentar de maneira detalhada e estruturada temas complexos, desenvolvê-los e concluí-los (3.5 minutos).

 

Na École Québec

Como não existe nenhum material de familiarização específico para o TCF – Québec, montamos os nossos próprios exercícios de escuta e uma lista de perguntas potenciais para treinar a expressão oral.

Nossos conselhos para a “compréhension orale”

Treine muito com os materiais de familiarização mencionados acima. Treinando bastante, você saberá quais são as melhores técnicas para você acertar dentro do tempo permitido. Por exemplo, talvez você ache melhor ler as perguntas e respostas escritas ao mesmo tempo que escuta o áudio, ou então depois. Também, já saberá mais ou menos o que esperar na hora da prova. Isso te deixará mais calmo e com mais noção do ritmo que precisa seguir.

O que estudar:

  • Revise seus materiais do seu curso de francês iniciante, pois existem muitas palavras que você viu apenas uma vez que podem ser usadas no áudio. Muitas vezes, o vocabulário iniciante é bastante diferente do francês para o português. Precisa ser visto mais que uma vez para ser lembrado.
  • Estude os tempos verbais pois a resposta pode depender do tempo verbal usado no áudio.
  • Escute a rádio do Québec e da França diariamente.

Na hora da prova, relaxe e concentre-se. Não deixe de responder nenhuma pergunta mesmo sem ter certeza da resposta. Você não perderá pontos por respostas erradas.

Nossos conselhos para a ”expression orale”

Nas horas livres do dia-a-dia, pense em perguntas potenciais e em suas respectivas respostas, lembrando que eles querem saber quanto de vocabulário você tem. Tente falar bastante, sempre fazendo frases completas. Se for possível, marque aulas particulares e/ou de conversação para desenvolver uma boa fluência.

O que estudar para cada nível avaliado:

Nível A1 : A descrição

  • Verbo “être” no presente, a expressão « il y a » e o verbo avoir
  • Vocabulário: família, partes da casa e adjetivos usados para descrever uma casa e pessoas (características físicas e personalidade).

Nível A2 : Sua vida

  • Todos os verbos no infinitivo, no presente e passado (passé composé e imparfait), principalmente conjugados no “JE”
  • Vocabulário: tudo a seu respeito (lazer, trabalho, formação, férias, fim de semana, gostos, leituras, filmes assistidos, projetos, eventos passados, etc.).

Nível B1 : Conseguir informação

  • Palavras interrogativas e futuro do pretérito (conditionnel de politesse)
  • Todos os verbos no infinitivo, presente, passado(passé composé e imparfait), condicional e subjuntivo
  • É preciso usar o “Vous” (vouvoyer)

Nível B2 : Seu ponto de vista, expressar os prós e os contras de uma situação

  • Responda de maneira estruturada para ser o mais claro possível e demonstrar mais fluência na língua.
  • Para evidenciar as relações lógicas de sua resposta, utilize os conectores de causa, de consequência, de oposição e de adição.
  • Utilize expressões para expor seu ponto de vista (« Je pense que…/ Je crois que…/ À mon avis,/ Mon opinion, c’est…/Pour moi, …/J’ai le sentiment que…/J’ai l’impression que… »).

Nível C1 e C2 : Avançado

  • Estude gramática avançada. Usando conceitos gramaticais mais avançados, os avaliadores poderão identificar que você alcançou esse nível.
  • Leia muito e busque textos sobre temas complexos para aprender vocabulário rebuscado e desenvolver argumentação, pois as perguntas desses níveis tratam de  assuntos mais complexos que somente tendo uma certa cultura geral sobre vários assuntos você conseguirá demonstrar fluência na língua.
  • Assista documentários ou escute podcasts sobre temas científicos e mais aprofundados.

Na hora da prova, relaxe e olhe para o entrevistador, pois ele poderá ajudar. Se você não entender alguma palavra ou frase dita pelo examinador, é possível pedir que ele especifique o que disse. Por exemplo: “ Que voulez-vous dire par…?/ Quand vous dites que…?/Parlez-vous de…?” Se você não conseguir lembrar alguma palavra que gostaria de usar, não pare de falar. Você pode ganhar tempo dizendo, por exemplo: “ Veuillez m’excuser, je cherche un mot… Je voudrais dire… Puis-je recommencer…?”

Não hesite em reformular uma palavra ou uma frase que você não tem certeza de ter dito ou usado corretamente. Use: “Pardon”, (frase corrigida); “Excusez-moi”, (frase corrigida).

Questões sobre imigração

Se você obtiver um resultado muito bom no TCF – Québec, é possível que você receba seu CSQ em casa sem nem precisar passar pela entrevista.

Como saber qual nível obter para não precisar passar pela entrevista e assim acelerar o processo?

Primeiramente, você precisa saber que a avaliação on-line (oferecida pelo site do escritório de imigração) te concede automaticamente 6 pontos de adaptabilidade que só podem ser recebidos por meio da entrevista. Assim, se na simulação on-line, você passaria com o nível A2 de francês, é necessário obter um nível de francês que te ofereça de 1 a 6 pontos (depende do seu perfil) a mais, a fim de receber o CSQ pelo correio. Para que a sua avaliação on-line seja mais precisa, você pode consultar as regras sobre a ponderação aplicável à seleção de estrangeiros (Lei sobre a Imigração para o Québec) ou escrever-nos no contato_sp@ecolequebec.com.br para receber nossa tabela do excel.

Novidades

Etapas do processo de imigração pelo Québec

Postado por:Catherine Potvinem:21/06/2012
  1. Participar de uma palestra sobre imigração. Pode se inscrever no link seguinte: http://www.immigration-quebec.gouv.qc.ca/pt/biq/mexico/palestras/index.php
  2. Realizar uma avialiação preleminar da sua pontuação. Montamos uma planilha mostrando a pontuação dedicada a cada critério. Mande um email para contato_sp@ecolequebec.com.br pedindo a planilha!
  3. Estudar francês escolhendo bem a escola e/ou o método usado. Se você tiver facilidade com línguas e bastante disciplina, pode até estudar por conta própria, pois não é preciso comprovar estudos realizados em escola. Caso contrário, na hora de escolher uma escola, leve em consideração a quantidade de alunos na turma, o processo de seleção dos professores, o método usado e os assuntos tratados  na aula. Quanto mais você sentir que as atividades do curso serão úteis à sua imigração, mais você aproveitará do curso.
  4. Inscrever-se numa prova de francês e preparar-se. As provas aceitas pelo MICC são: Test de connaissance du français pour le Québec (TCFQ), Test de connaissance de français (TCF), Test d’évaluation du français adapté pour le Québec (TEFAQ), Test d’évaluation du français (TEF), Diplôme d’études en langue française (DELF) e Diplôme approfondi de langue française (DALF).

Na ÉQ, recomendamos aos nossos alunos realizar o TCF – Québec, pois é uma prova com valor razoável e que indica o nível do candidato. Ou seja, os candidatos fazem os exercícios dos níveis 1 a 6 e os avaliadores determinam qual o nível exato do candidato. Em outras provas, o candidato tem que decidir qual nível ele quer passar e os avaliadores determinam se ele tem ou não esse nível. Em outras palavras, é impossível reprovar o TCFQ, contudo é possível não alcançar o nível necessário para atingir a pontuação mínima na imigração.

5. Preencher os formulários em francês.

6. Traduzir os documentos que comprovarão a sua formação e experiência de trabalho. Os documentos devem ser traduzidos em francês ou em inglês por um tradutor profissional, mas não precisa ser juramentado. Os outros documentos que não são de formação e experiência profissional não é obrigatório traduzir, mas o escritório do Québec no México apreciaria que os pedidos fossem inteiramente traduzidos.

Nota: Para quem pretende eventualmente entrar na ordem profissional québécoise de sua área, sugerimos que verifique se ela pede tradução juramentada, pois se for o caso, seria melhor já realizar a tradução juramentada com tradutor do Québec para não ter que refazer.

7. Mandar a documentação com os documentos e as traduções.

8. Esperar uma resposta. Existem três respostas possíveis:

    • Se o seu pedido não alcançar a pontuação mínima, mesmo com 6 pontos de adaptabilidade, você receberá automaticamente uma resposta negativa.
    • Se o seu pedido alcançar a pontuação mínima, mesmo sem pontos de adaptabilidade, você receberá o CSQ pelo correio.
    • Se o seu pedido alcançar a pontuação mínima somente com 1 a 6 pontos de adaptabilidade, você será chamado para uma entrevista.

9. Se você for chamado para uma entrevista, é preciso montar um projeto de imigração para demonstrar sua adaptabilidade.

10. Com o CSQ, dar entrada ao processo federal.

11. Se preparar para o mercado de trabalho e a sociedade québécoise.

12. Ser um brasileiro profissional, francófono, integrado e feliz!!!